quarta-feira, 23 de Julho de 2014

RESENHA LITERÁRIA #2: Uma carta de amor


Eu sou suspeita para falar dos livros do Nicholas, todos que eu leio amo e assim suscetivamente. Uma Carta de amor não foi diferente. Já assisti ao filme, mas ainda não tinha lido e posso dizer que é lindo, como todas as obras do autor.

Autor:  Nicholas Sparks
Editora:  Arqueiro
Páginas: 288
                                        
Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. 
Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.” 
Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. 
Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.

Theresa Osborne testá na faixa dos 40 anos, é uma mãe de família, colunista e tem que conciliar seus trabalhos matinais com a educação do filho. O que não é nada fácil para ela, mas acaba conseguindo ser uma excelente profissional e uma ótima mãe. Seu casamento acabou quando seu marido à traiu e ela acabou descobrindo. E por causa disso ela não acredita que possa encontrar alguém que a ame de verdade, reconhecendo ser bonita ela até sai com alguns caras, mas nada que à leve um dia ao altar. No entanto, sua tão esperada férias chega e nada melhor do que tirar um tempo para relaxar. Enquanto seu filho foi passar uma temporada com o pai. 

Theresa por sua vez enquanto caminha na praia, encontra uma garrafa com uma carta dentro, escrita por Garret. Nem ela sabia o quanto homens podiam ser tão delicados com as palavras, tudo o que ela leu ali a deixou sensível e aflita, pois queria saber quem ele era e pra quem seria a carta. Sabendo que sua procura não levaria à nada, ela acaba desistindo e acha isso uma loucura. Até que, sua grande amiga dá a ideia para que Theresa publicasse a carta em sua coluna, e então tudo vai se encaixando de um jeito ou de outro. Assim, como a vida deve ser. Com ganhos, perdas e um novo amor.

“Seus sentimentos dizem muito sobre você (...) Você é o tipo de pessoa que ama para sempre.”.

Eu sou muito suspeita para falar dos livros do Nicholas, sou uma colecionadora de seus livros. E cada um que leio não vejo semelhanças com outros e sempre tem uma história nova para explorar e se apaixonar. Theresa e Garret tiveram suas perdas, mas enquanto um sabe lidar com isso o outro precisa aprender como vencer essa angústia. É um livro que prende, pois você quer saber como ela vai chegar até ele, quem ajuda, o que acontece e assim por diante. A narrativa é ótima, na medida certa de um romance e o final não poderia ter sido melhor. Então, recomendo!






segunda-feira, 21 de Julho de 2014

Bate-Papo com: Keila Gon

Uma das autoras nacionais que mais gostei de conhecer foi a Keila Gon, tenho muito prazer em tê-la como parceira do Senhorita. Por mais que ela tenha seus trabalhos à fazer, sempre tem uns minutinhos para seus fãs e leitores. Quando solicitei o bate papo ela nem demorou em dizer sim como resposta, e quero agradecê-la desde já pela participação. Vamos de deixar de papo? Ou melhor começar..até porque sei que estão doidas para saber quem é Keila. 

Foto: (www)
Keila Gon é esposa, mãe e escritora. E posso dizer também que é uma pessoa simpaticíssima. Autora do livros Cores de Outono, sua primeira obra e agora Sombras de Primavera seu segundo trabalho que será lançado na Bienal Internacional do livro em São Paulo, dia 29 de agosto. Saga esta que tem dado o que falar de tão boa que é. Seus leitores sabem muito bem do que estou falando (estamos todos ansiosos por Sombras). 

Senhorita Priscila: Cores de Outono foi seu primeiro livro? Se sim, como foi escrevê-lo?

Keila Gon: “Cores” foi meu primeiro livro sim, e escrevê-lo foi uma aventura pessoal!!!
Sério. Nunca me imaginei escrevendo, isso não era um plano, nem um sonho... digo que “Cores” “aconteceu” quando ler não alimentava mais minha imaginação. E dizer aos amigos e parentes que eu estava escrevendo um livro foi... interessante kkkkk Mas se fica a dúvida, eu esclareço, apesar da estranheza e dos olhares interrogativos, eles incentivaram muito! E digo aventura, pois não foi apenas “espetacular” desbravar esse mundo fictício, de romance e magia, mas também entender como funcionava o “mundo literário” no Brasil. E sim, foi um desafio e tanto lapidar a história para publicação... na verdade... publicar!!! Kkkkk E deixo aqui meu agradecimento à Novo Século e ao meu editor que acreditou em mim e nesta história ehehehehehhe

SP:  Você obteve bastante leitores através do Cores. Percebo que a cada trecho que solta de Sombras da Primavera é uma emoção bem grande para eles. Como você se sente em relação aos leitores de suas obras?

KG: Isso é engraçado... claro, adoro dividir esta história, mas escrevi “Cores” (não é só Cores, mas Sombras... Luz... a saga) para minha diversão também! Quando falo dos personagens, das cenas, é como se falasse de um livro que gosto muito, não do “meu” livro. Sei, é estranho kkkk mas leio o texto com olhos de leitor, ttambém sou fã de Vincent e Melissa, reclamo das tosquices dela kkkk, e entendo que sem elas não tem história! Me empolgo lendo os comentários porque é a mesma sensação de alguém falar do seu livro favorito!!! Enfim, é como dividir uma paixão com os amigos! E pode ter certeza... fiz MUITOS amigos ( vulgo leitores) no mundo literário.

SP: Falando em Sombras da Primavera, quando será lançado?

KG: “Sombras” será lançado na BIENAL de SP, pela Novo Século (oficialmente no dia 29/8 – sexta, mesa de autógrafos às 14 hs). Estarei no estande da editora nos dias 27, 28, 29 e 30.
Em off... Esta semana estamos correndo com os detalhes de diagramação e capa uhhhhh ansiedade a mil ! kkkkkkkk

SP:  O que podemos esperar de Vincent e Melissa nessa continuação?

KG: Não quero assustar ninguém, mas “Sombras” vai ser uma montanha russa emocional!  kkkkkk
A continuação de “Cores” ficou bem agitada, tem muita coisa acontecendo, tanto na vida da Melissa quanto na montanha de Vincent. Muitas aventuras, personagens novos e revelações que irão testar o amor dos dois... huuuuu Vamos ter um pouco de Vincent também, sim, ele narra alguns capítulos pela versão dele. E achei muito legal dar ao leitor as duas versões, dele e dela.
Ahhh e preciso dizer aqui, POR FAVOR, sei que alguns vão surtar com alguns trechos de “Sombras”... Mas, POR FAVOR, terminem a leitura antes de mandar ameaças, ok? Kkkk
No mais , ainda vai ficar muita coisa para o livro três, “Luz de inverno”, o fim da série. E estou enlouquecendo aqui para encaixar todos os detalhes kkkk. Espero que gostem!

SP: Obrigado pela sua participação no Bate-papo, Keila.
KG: Eu que agradeço Priscila!!! É uma honra poder dividir minha imaginação com vocês! Desejo de coração que o encanto continue e “Sombras” traga mais emoções, muitos sonhos e suspiros! Ohhhh
BEIJO, sucesso para o “Senhorita Priscila”, e muitos olhares turquesa pra alegrar sua semana!!!
Keila Gon

Gostaram da autora? Querem conhecer mais de suas obras? Clique abaixo.
Skoob: (www)
Fan page de "Cores": (www)
Blog da Keila: (www)



terça-feira, 15 de Julho de 2014

Inspiração: Você conhece a StylePantry?


Folake Kuye Huntoon, é uma das blogueiras internacionais que mais admiro. Seja pelo seu estilo, pelo seu blog e contato com público, ela nunca deixa a desejar. Folake, começou com o blog StylePantry em fevereiro de 2009 com 3 mulheres - suas amigas, provavelmente -, mas o blog só decolou realmente com ela no comando, sendo assim Folake Kuye passou a administrar o SP por conta própria. Seu marido teve a ideia de que ela postasse fotos dela mesmo com seus looks produzidos. 

"Você não pode dar conselhos de estilo e não postar fotos de si mesmo para ganhar a confiança de seus leitores", ele disse. E sim, ele estava certo. Em seu blog ela posta sobre, pessoas da indústria da moda, estilo de rua, lookbooks, campanhas e achados haute.




Gostaram? Deixo abaixo links para  que conheçam mais da blogueira.
Facebook:   (www)        /  Instagram:   (www)      / Blog: (www)  

Não deixem de participar do sorteio do livro, A culpa é das estrelas. Saiba mais, clicando (www).



segunda-feira, 14 de Julho de 2014

Texto: Um sonho de amor


Talvez em um sonho nem tão distante assim eu esbarre no amor da minha vida. Sabe, como aquelas coisas que acontecem por acaso, como eu estar carregando alguns livros e um deles cair e de repente ele aparece e pegue pra mim, com um sorriso no rosto e sua barba por fazer, uma blusa listrada, jeans escuro e um par de tênis. Ou, eu esteja apressada demais e me esbarre com ele sem mais nem menos, e seu óculos escuro caísse e enquanto faço menção para me abaixar e ajudar a pegá-lo, o rapaz faz o mesmo, e o devolvo com um sorriso. Pode não ser necessariamente nessa ordem, mas em todo caso seria válido. E talvez recíproco.

Convenhamos que eu tenha exagerado um pouquinho no delírio, mas é que as vezes me pego pensando em como vai ser o nosso primeiro contato, o momento exato em que nós dois saberemos que nossa união será para o resto de nossas vidas. Não que eu esteja ansiosa por esse dia, porém creio que será um dia memorável. Até porque não é sempre que encontramos alguém para a vida toda.

Já tive relacionamentos e sei o quanto são complicados e também o quanto podem nos fazer  feliz. Sabendo escolher a pessoa certa para gostar, porque vamos ser sinceras, amor de verdade não acaba. E namoros que não duram nem 3 meses é porque não existiu amor, pode existir carinho, afeição, mas amor é como uma chave e a fechadura um precisa do outro para estarem completos.

Não espero uma pessoa que dure alguns meses, espero uma pessoa que dure anos, décadas, vidas inteiras ao meu lado. Assim como o livro de romance precisa do seu casal de personagens e uma mera sonhadora precisa de seus sonhos amorosos.


terça-feira, 8 de Julho de 2014

Sorteio: Livro A culpa é das estrelas


Recentemente fiz uma enquete no blog, perguntando o que vocês gostariam de ganhar em um sorteio. E entre maquiagem e livros, vocês preferiram livros e aqui estamos. Como o livro e filme A culpa é das estrelas está bem em evidência, nada melhor do que sortear uma de vocês com essa história magnífica do autor John Green.

Para participar é bem simples, basta:
- Estar seguindo a fan page do blog (www);
- Compartilhar esta foto que vai estar no topo da página, em seu perfil 'publicamente';
- E residir no Brasil.

O sorteio está sendo realizado pelo app Sortei.me e o resultado será no dia 28/07/14.

Viu como é fácil? O que está esperando?

Chame suas amigas, e vamos lá!